IP Casa de Oração - Rua Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo

sexta-feira, novembro 11, 2005

Fatam 9 dias para o Dia da Consciência Negra!


Haiti.

Caetano Veloso e Gilberto Gil
letra de Caetano Veloso - 1993

Quando você for convidado pra subir no adro da Fundação Casa de Jorge Amado
Pra ver do alto a fila de soldados, quase todos pretos
Dando porrada na nuca de malandros pretos
De ladrões mulatos
E outros quase brancos
Tratados como pretos
Só pra mostrar aos outros quase pretos
(E são quase todos pretos)
E aos quase brancos pobres como pretos
Como é que pretos, pobres e mulatos
E quase brancos quase pretos de tão pobres são tratados
E não importa se olhos do mundo inteiro possam estar por um momento voltados para o largo Onde os escravos eram castigados
E hoje um batuque, um batuque com a pureza de meninos uniformizados
De escola secundária em dia de parada
E a grandeza épica de um povo em formação
Nos atrai, nos deslumbra e estimula
Não importa nada
Nem o traço do sobrado, nem a lente do Fantástico
Nem o disco de Paul Simon
Ninguém
Ninguém é cidadão
Se você for ver a festa do Pelô
E se você não for Pense no Haiti
Reze pelo Haiti
O Haiti é aqui

O Haiti não é aqui

E na TV se você vir um deputado em pânico
Mal dissimulado
Diante de qualquer, mas qualquer mesmo
Qualquer qualquer
Plano de educação
Que pareça fácil
Que pareça fácil e rápido
E vá representar uma ameaça de democratização do ensino de primeiro grau
E se esse mesmo deputado defender a adoção da pena capita
l E o venerável cardeal disser que vê tanto espírito no feto
E nenhum no marginal E se, ao furar o sinal, o velho sinal vermelho habitual
Notar um homem mijando na esquina da rua sobre um saco brilhante de lixo do Leblon
E quando ouvir o silêncio sorridente de São Paulo diante da chacina
111 presos indefesos
Mas presos são quase todos pretos
Ou quase pretos
Ou quase brancos quase pretos de tão pobres
E pobres são como podres
E todos sabem como se tratam os pretos
E quando você for dar uma volta no Caribe
E quando for trepar sem camisinha
E apresentar sua participação inteligente no bloqueio a Cuba
Pense no Haiti Reze pelo Haiti
O Haiti é aqui

O Haiti não é aqui

Elogiar Caetano eu sei que é chover no molhado.Admiro a coragem desta letra.
Acredito que precisamos de pessoas que saibam de sua importância para a nossa História atual. A desilusão é gigantesca em se tratando de discriminação social, mas ainda tenho um resquício de esperança em nosso povo. Eu não digo em nosso país, porque não acredito assim.
Acredito nas pessoas de forma individual. São elas que formam o conjunto, eu sei, mas quando as vimos de modo individual, mudar o futuro passa a ser responsabilidade do presente de cada um. Acredito, como também acreditava o escritor Sergio Porto e acreditam o publicitário Luciano Pires e o professor Rubens Alves, que estamos vivendo uma espécie de mediocrização de nosso povo. Para sairmos desta situação, devemos de forma individual, insisto, investirmos em educação. Educar a si mesmo e os mais próximos pode se tornar um vício maravilhoso, e o que é melhor, não tem efeitos colaterais.

Elisabeth Lorena Alves

Créditos: Achei no http://www.consciencia.net/2003/09/06/haiti.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo sempre aqui.Aproveite que veio e visitou e faça uma blogueira feliz:Comente!


De acordo com a Justiça o autor do blog não está livre de uma eventual responsabilidade civil ou mesmo criminal por causa de comentários deixados por leitores. Portanto faremos o controle dos comentários aqui expostos.

A Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento, mas veda expressamente o anonimato (art.5º, IV), por isso comentários anônimos não serão mais permitidos!
Sem contar que comentários que difamem o autor, o Blog ou o personagem descrito na matéria serão proíbidos!

Agregadores

Medite!

Algumas Canções Cristãs - Homens

Ferramentas para Blog

Dessander, o amigo

Loading...

Outras Postagens

Gióa Júnior

Aproveita e leia mais sobre Miriam Makeba

MIRIAM MAKEBA - UMA HOMENAGEM PÓSTUMA
Gostaria de fazer aqui uma homenagem a uma das mulheres que mais admirei nesta vida - Miriam Makeba. Desde criança me deleitava com suas músicas, elas nunca tocaram meu corpo, sempre tocaram minha alma.
hmais aqui
http://www.amigosdosabor.blogspot.com/