IP Casa de Oração - Rua Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo

quinta-feira, maio 24, 2012

Um pensamento, um pastor especial e algo sobre mim... Pastor José Vieira

Esta semana na sala de bate-papo da UBE, alguém disse que não sou crente e nem pentecostal, porque não aceito o tal "reteté".
Fiquei pensando em grandes homens que viveram entre nós e nunca aceitaram esta coisa.
Hoje li um poema do Pastor Marcelo Gonçalves, Saudades, que trata extamente da época do Cristianismo puro, sem mias delongas. Aconselho que leia, é muito bom.
Deixei meu comentário lá, mas o direito aos 2000 caracteres quase foi estrapolado, pois abriu  a porta de minha lembrança.

Eu pensava, às vezes, que que estava errada de fazer as mesmas perguntas. De sentir saudades de pastores que tinha amor verdadeiro pelas almas.


O Amor?

Aos 16 anos conheci um jovem, mais velho que eu, hoje ele seria considerado pedófilo. Tinha 32 anos e disse ter se apaixonado por mim. E devia ser verdade, afinal eu era uma flor recém brotada no Jardim da Vida.
Longos meses de namoro e eu, bobinha, acreditando que iríamos ser feliz para o resto da vida.
Fofocas, interferência de terceiros e a falta de caráter dele deram fim a única coisa que eu achava que a vida tinha me oferecido.
As dores desta perda e da traição de pessoas que diziam querer o meu bem, levaram-me as portas do desespero e ao desejo de morte.
Diferente da maioria dos suicidas que vejo por aí, comecei traçar um plano onde eu morresse e acabasse com minha dor e sofrimento, sem ferir os outros.
Eu costuma sentar na lage de casa - vivia com uma tai nesta época - e ali naquela lage, eu escrevia poesias, estudava e olhava a rua. Fazia tanto isto, que conhecia o horário exato em que dois ônibus se exprimiam naquela rua apertada... 

Uma presença de vida

Foi um pastor abnegado, José Vieira, que me mandou um recado exatamente na hora em que eu, aos 17 anos, subi no segundo andar da casa aonde vivia, para dar cabo de minha vida. Por ser hábito me sentar na beira da lage, ninguém sabia o que eu faria ali naquela tarde.
Alguém passou na rua minutos antes de eu pular entre dois ônibus - era esta minha intenção - e me disse que ele queria ver com urgência todos os jovens que um dia foram crianças em sua igreja.
Eu tinha ido poucas vezes lá, mas naquele momento lembrei-me de sua força, audácia e camaradagem. Desci e fui ver o que ele queria.
Sentada no quintal de sua casa, ouvindo sua palestra lenta e verdadeira, acabei encontrando Jesus.
Através daquela vida, daquele pastor que as normas humanas negaram-lhe o título por ele não falar línguas algumas, o Senhor Jesus encontrou uma jovem que sabia desfarçar sua dor e intenção, mas a sabedoria daquele homem alcançou meu coração.
Não ergui minha mão, não disse nada, recebi ao final da conversa uma oração que me encheu de paz e ali, quietinha, só eu e Deus, me comprometi a dar outro rumo a minha vida.
E isto aconteceu.

Parte um anjo

Na outra semana, em uma segunda feira, durante a reunião dos pastores na Sede do Belém, em São Paulo, estavam todos orando para iniciar os trabalhos adminstrativos, quando ele foi tomado de nós e, para quem tinha dúvidas de seu pastorado, ele subiu falando a língua dos anjos. Os irmãos e pastores ali presentes ficaram tão felizes, que não notaram que o Senhor o recolhera.
Sou uma das flores que o Pastor José Vieira semeou em Guaianases e hoje ainda lembro-me de sua voz e oração.
Era uma época em que os irmãos oravam e buscavam a presença de Deus e não se importavam com estes movimentos vazios e sem formas, mas o Senhor usava seus servos para nos falar de forma especial e não usava de subterfúgios malucos. Era uma fé simples e verdadeira.
Ai que saudade!

7 comentários:

  1. Post abençoado mana! Legal conhecer um pouco de sua história!
    Glória a Deus que concede homens e mulheres que são exemplo de vida espiritual sadia para os fiéis da terra!

    God bless you sister!

    Microscopicamente (João 3.30),

    Walter Filho

    http://blogdowaltim.blogpot.com

    ResponderExcluir
  2. A Irmã Elizabeth é a minha escritora preferida, faço os meus votos que ela escreva um livro para enriquecer o nosso conhecimento com a sabedoria que Deus lhe confiou!!! PARABÉNS SERVA DE DEUS!

    Pr MARCELO GONÇALVES

    ResponderExcluir
  3. A Irmã Elizabeth é a minha escritora preferida, faço os meus votos que ela escreva um livro para enriquecer o nosso conhecimento com a sabedoria que Deus lhe confiou!!! PARABÉNS SERVA DE DEUS!

    Pr MARCELO GONÇALVES

    ResponderExcluir
  4. Pastor Marcelo
    Vindo de ti tamanho elogio, me inibe e emociona. Agradeço o carinho da Leitura. Amo ser leitora tua também e espero um dia compartilharmos estas bençãos pessoalmente.
    Quanto ao livro...
    Espero sim poder escrever um Livro nestes moldes, trazendo para o mundo cristão as experiências que vivi pautada na Palavra.
    Por enquanto, em Projeto ainda, é outro tema, em parceria com a amiga e escritora Jane Eyre Uchôa.
    Sei que Deus irá providenciar para que em bereve haja novidades minhas também no Mercado Editorial Cristão.
    Graça e Paz
    Elisabeth Lorena Alves

    ResponderExcluir
  5. Prezada amiga e irmã Elizabeth, é uma grande alegria ainda encontrar uma pessoa que tem integridade e ética cristã, pois a cada dia isso está muito raro! Repito, faço os meus votos para que este sonho de escritora se concretize em tua vida, pois a irmã tem este talento. E a hora que o meu livro estiver pronto, eu te farei o convite para prefaciar o mesmo!

    Saudações cristã!

    Pr Marcelo Gonçalves

    ResponderExcluir
  6. Prezada amiga e irmã Elizabeth, é uma grande alegria ainda encontrar uma pessoa que tem integridade e ética cristã, pois a cada dia isso está muito raro! Repito, faço os meus votos para que este sonho de escritora se concretize em tua vida, pois a irmã tem este talento. E a hora que o meu livro estiver pronto, eu te farei o convite para prefaciar o mesmo!

    Saudações cristã!

    Pr Marcelo Gonçalves

    ResponderExcluir
  7. Pastor Marcelo
    Fiquei calada desde que li o último comentário aqui.
    Fiquei encantada com a honra de saber da possibilidade de prefaciar teu livro.
    Uma grande honra! Que me entimidou. Sou admiradora de teus escritos e saber desta possibilidade me fez repensar várias outras situações pessoais.
    Estou as suas ordens!
    Saudações Cristãs.
    Elisabeth, tua admiradora

    ResponderExcluir

Seja bem vindo sempre aqui.Aproveite que veio e visitou e faça uma blogueira feliz:Comente!


De acordo com a Justiça o autor do blog não está livre de uma eventual responsabilidade civil ou mesmo criminal por causa de comentários deixados por leitores. Portanto faremos o controle dos comentários aqui expostos.

A Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento, mas veda expressamente o anonimato (art.5º, IV), por isso comentários anônimos não serão mais permitidos!
Sem contar que comentários que difamem o autor, o Blog ou o personagem descrito na matéria serão proíbidos!

Agregadores

Medite!

Algumas Canções Cristãs - Homens

Ferramentas para Blog

Dessander, o amigo

Loading...

Outras Postagens

Gióa Júnior

Aproveita e leia mais sobre Miriam Makeba

MIRIAM MAKEBA - UMA HOMENAGEM PÓSTUMA
Gostaria de fazer aqui uma homenagem a uma das mulheres que mais admirei nesta vida - Miriam Makeba. Desde criança me deleitava com suas músicas, elas nunca tocaram meu corpo, sempre tocaram minha alma.
hmais aqui
http://www.amigosdosabor.blogspot.com/