IP Casa de Oração - Rua Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo

quarta-feira, maio 30, 2012

Minha carta a Defensoria Pública e a SEMSA

Olá amigos, como disse que faria, eis-me aqui falndo sobre o Concurso da SEMSA  e sacanagem que a Cetro - só se for do reis das trevas - fez contra todos nós, os que conseguimos fazer a prova, apesar dos horários e roubo de tempo, e os que nem conseguiram fazer por cancelamento, como aconteceu com os concorrentes de Nível Superior. Tem novas informações no site da Defensoria Pública  de Manaus.


A propósito, para você que quer entrar em contato com eles, o email para esta reclamação ou do gênero é o  dpeac@defensoria.am.gov.br Não deixe de lutar pelo seu Direito. Eu cometi a burrada de não ir até a Delegacia mais próxima e feito estes preguiçosos rodar, mas ainda há o direito de falar, quer seja aqui, quer seja no próprio site da Defensoria.
A carta abaixo escrevi para Defensoria e a SEMSA...Espero retorno.

Bem, vamos lá.
Meu nome é Elisabeth Alves  e sou uma das concorrentes do Concurso da SEMSA 2012.
Também me senti prejudicada pela interrupção da prova momentos antes dos minutos estipulados pelos fiscais da prova. Afinal, chegar com uma hora de antecedência não nos dá o direito de sermos respeitados pelos organizadores que determinam o horário do início da prova quando bem entendem.
Isto porém não é minha maior preocupação no momento – já que desta vez realmente aprendi que se um aprova for entregue fora do horário posso tornar público meu descontentamento em classe e sair dali, tendo entregue a prova ou não, direto a Delegacia de Polícia e fazer um BO.
Meu contato com a Defensoria Pública se dá por me sentir lesada no meu direito de Livre Concorrência, já que a banca afirma que realizará a Prova com os mais de 500 concorrentes nos próximos dias. Ora, aonde esta a isonomia que nos é garantida se eles farão outra prova diferente da nossa? - E claro que jamais poderiam fazer a que nós fizemos pois seu conteúdo se tornou público e é de acesso de todos, já que as pessoas, que como eu ficaram em sala por tempo superior a 120 minutos, trouxeram suas provas para casa e estes concorrentes que foram lesados com o extravio e atraso das provas, utilizaram as suas como prova ao prestar queixa na Delegacia.
Para que haja transparência neste Concurso, se faz necessário que todo ele seja impugnado e que, com a troca de Banca, pois esta não se mostrou capaz de zelar pelo direito dos concorrentes, não deve continuar em frente a um evento público desta magnitude.
Acredito que Prefeitura deveria vir a público, lembrando a todos do direito de participar de um Concurso limpo e claro, cobrar o que é devido a esta banca, CETRO, e obrigá-la a ressarcir os gastos dos concorrentes de fora do Município de Manaus, que vieram para cá para participar da concorrência e foram lesados cada um de um aforma específica.
Ora, esta atitude estranha desta banca, pode ser enquadrada sim, até para um leigo do Direito, como concorrência desleal, já que violou todos os princípios de clareza e correção necessários para o evento, ocasionando diversas atividades irregulares que criaram confusão entre os participantes. Ora se existe Leis e elas existem, que protegem os chamados aqueles que, em busca de melhoria de vida, prestam concursos públicos, cabe ao Ministério Público olhar para todos os cidadãos envolvidos neste processo, uma vez que a referida Empresa, através de sua inaptidão para gerir um Concurso deste porte, trouxe prejuízos aos sujeitos envolvidos neste.
Ora, uma vez que todos nós temos direitos iguais, e que além disto, declaram que o tal princípio da Isonomia ou Igualdade é um dos pilares de sustentação da Democracia de qualquer Estado de Direito, podemos todos, os que prestaram o Concurso a contento e os que não conseguiram por erros da Empresa que prestava este serviço a Prefeitura, lutar por nossos interesse, tendo ao nosso lado a Defensoria Pública do Município.
Apenas para contextualizar, a isonomia além de um direito, é também um conceito moral que nos torna todos iguais, e é obrigação do Estado lutar para que ela seja respeitada sempre que perceber que a mesma esta sendo ferida, lutando para que ela se mantenha sempre.
Findo aqui, afirmando que meu direito de lutar pela Justiça vai além de lutar para a justiça pessoal, aquela conferida apenas a mim, é meu dever lutar para que os outros sejam respeitados em seu direito a Justiça. Para a banca o melhor é burlar todos os direitos e manter o pé firme na ideia de fazer a prova apenas para estes que não conseguiram fazê-la, e isto fere o direito dos demais. Para que todos tenham seus direitos respeitados valem apenas dois caminhos: Refazer todas as provas, incluindo agora os inscritos que não foram respeitados em seus direitos ou Anular o Concurso.
Sem mais.
Elisabeth Alves

4 comentários:

  1. Só quem estar reclamando são os que não fizeram uma prova boa concerteza vc foi uma...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elias, fiz uma boa prova. E alcancei uma nota que esperava alcançar, tirando uma ou outra resposta que julgava certa e acabei perdendo, mas para os fins que eu desejava, minha prova foi satisfatória.
      Sinto muito se alguns brasileiros são egoístas e não pensam nas outras pessoas e, pior, não pensam que os mais de 500 que não conseguiram fazer a prova podem ser beneficiados com uma versão mais ligjt dado o adiantado do tempo.
      Justiça meu caro, é para todos e quando uma pessoa declara que outra só esta reclamando porque não teve sucesso apenas demonstra que a idéia que os politicos tem do povo é verdadeira: Avacalha com eles, mas não com todos ao memso tempo,pois eles não conhecem a Lenda da ratoeira.
      Eu procuro a Justiça para todos. NAda a ver com os meus próprios resultados.
      Se parar e ler este blog com maior cuidado, vai perceber que esta minha atitude condiz com a minha pessoa, uma vez que desde muito tempo tenho trabalhado junto a Comunidade e esta é uma atitude esperada pelos que me conhecem.
      Ser a favor apenas de si mesmo é ser egoísta e não condiz com minha postura.
      Você só não pensou em um detalhe: Eu posso é me prejudicar com uma nova prova, já que estou estudando já para outro Concurso de nível Federal.
      Agradeço a visita e teu comentário. Com ele percebo que tenho mais motivo para continuar lutando pelo direito daquels que não tem voz e não sabem como tornar público sua sede de Justiça.
      Elisabeth Lorena Alves

      Excluir
  2. Querida Elisabeth,
    Tenho um pouco de conhecimeto aqui em São Paulo do funcinamento dos concursos públicos, uma vez que fui aprovado em alguns deles, como o vestibular da Fuvest(USP) e Unesp, além de ser sevidor concursado da Prefeitura de SP; mas o que há de erros e desrspeito aos concursandos chega a ser imoral; há certamente fundações piores e melhores, mas os erros são enoremes e nos indignam mesmo. Para isso existe a justiça e os recurso; não deixe por menos; se o cidadão se cala, os males fedem muito mais. Boa sorte, parabéns pela luta! www.realcomarte.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Valeu Eloi
    A leitura e a visita.
    É bom poder contar com o apoio daqueles que de fato entendem de Politica, Justiça e Funcionalismo.
    Volte sempre
    Elis

    ResponderExcluir

Seja bem vindo sempre aqui.Aproveite que veio e visitou e faça uma blogueira feliz:Comente!


De acordo com a Justiça o autor do blog não está livre de uma eventual responsabilidade civil ou mesmo criminal por causa de comentários deixados por leitores. Portanto faremos o controle dos comentários aqui expostos.

A Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento, mas veda expressamente o anonimato (art.5º, IV), por isso comentários anônimos não serão mais permitidos!
Sem contar que comentários que difamem o autor, o Blog ou o personagem descrito na matéria serão proíbidos!

Agregadores

Medite!

Algumas Canções Cristãs - Homens

Ferramentas para Blog

Dessander, o amigo

Loading...

Outras Postagens

Gióa Júnior

Aproveita e leia mais sobre Miriam Makeba

MIRIAM MAKEBA - UMA HOMENAGEM PÓSTUMA
Gostaria de fazer aqui uma homenagem a uma das mulheres que mais admirei nesta vida - Miriam Makeba. Desde criança me deleitava com suas músicas, elas nunca tocaram meu corpo, sempre tocaram minha alma.
hmais aqui
http://www.amigosdosabor.blogspot.com/