IP Casa de Oração - Rua Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo

terça-feira, abril 03, 2012

Marcos Cortez – Gerente do setor de Fisioterapia da Fundação Adriano Jorge


Marcos Cortez – Gerente do setor de Fisioterapia
Falecido em 1 de Abril de 2012

Não foi uma brincadeira de mal gosto referindo-se a data comumente conhecida como dia da mentira. 
Infelizmente o jovem Marcos Siqueira Cortez, gerente do Setor de Fisioterapia do Hospital Fundação Adriano Jorge e também Fisioterapeuta, faleceu na madrugada de domingo, em um grave acidente automobilístico em Teresina, onde estava para rever os pais e familiares.
Para muitos ele era apenas mais um funcionário daquele setor, mas era também um ser humano, com vida própria, brincalhão sempre e, às vezes ranzinza com os vícios dos pacientes mais velhos. Era visto sempre a conversar sobre melhorias no setor e era preocupado com o bem estar dos pacientes, funcionários e colaboradores da Fundação.
Sei que vivemos em plena cultura do endeusamento do ser que parte, mas como simples observadora – estou como paciente desta Fundação, onde venho conseguindo grandes resultados – vi o esforço deste profissional que nos deixa.
Jovem ainda, estava com 36 anos, segundo alguns jornais, não teve a mesma chance que seus pacientes que acidentam-se em Manaus e até fora dela, e procuram na Fundação tratamento de reabilitação.
Hoje, 3 de abril, às 15 horas profissionais e amigos, além de alguns pacientes, reuniram-se no Auditório da Fundação para orarem pela família enlutada e nos corredores da Unidade de Fisioterapia era grande a consternação dos médicos e estagiários, além dos funcionários da Manutenção, que fizeram questão de prestar esta última homenagem a ele.
A médica que me atendeu hoje lembrou-me do óbvio, esta é a nossa única certeza.
O que me doe sempre nestas situações é o descaso dos profissionais que são chamados para fazer a perícia: sempre demoram.
A vida humana não é levada a sério quando o ser deixa de existir neste plano, as pessoas envolvidas dão prioridade para seus próprios pensamentos, esquecendo-se que ali, no chão está alguém querido. Os jornais e revistas exageram na aquisição de fotos do ser que parte e quase nunca se interessam pela história deste que deixa para trás família, amigos e ideais.
Ao ver algumas notícias, notei a falta de respeito de alguns e o pouco conhecimento que a maioria tinha sobre Marcos Cortez.
Infelizmente os verdadeiros heróis tombam pela vida, enquanto alguns pretensos célebres isolam-se em um pardieiro qualquer, permitindo que suas vidas sejam expostas por milhares de lentes. Pessoas inúteis que nada acrescentam, enquanto isto, profissionais excelentes são esquecidos pois por estarem dia e noite enfiados em seu trabalho, passam desapercebidos pelas lentes das grandes redes de TV.
Sei que era o Gerente da Fisioterapia apenas, como diriam alguns, mas senti-me enlutada ontem ao saber de sua morte.
Minha última lembrança dele, foi despedindo-se de alguns pacientes e antecipando os votos de Feliz Páscoa. “Nos veremos logo” - disse ele. Mas não o veremos mais, ele partiu em definitivo, seu corpo inerte, foi velado por familiares e amigos e ele, enfim, descansou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo sempre aqui.Aproveite que veio e visitou e faça uma blogueira feliz:Comente!


De acordo com a Justiça o autor do blog não está livre de uma eventual responsabilidade civil ou mesmo criminal por causa de comentários deixados por leitores. Portanto faremos o controle dos comentários aqui expostos.

A Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento, mas veda expressamente o anonimato (art.5º, IV), por isso comentários anônimos não serão mais permitidos!
Sem contar que comentários que difamem o autor, o Blog ou o personagem descrito na matéria serão proíbidos!

Agregadores

Medite!

Algumas Canções Cristãs - Homens

Ferramentas para Blog

Dessander, o amigo

Loading...

Outras Postagens

Gióa Júnior

Aproveita e leia mais sobre Miriam Makeba

MIRIAM MAKEBA - UMA HOMENAGEM PÓSTUMA
Gostaria de fazer aqui uma homenagem a uma das mulheres que mais admirei nesta vida - Miriam Makeba. Desde criança me deleitava com suas músicas, elas nunca tocaram meu corpo, sempre tocaram minha alma.
hmais aqui
http://www.amigosdosabor.blogspot.com/