IP Casa de Oração - Rua Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo

segunda-feira, abril 02, 2012

Autismo - Blogagem Coletiva


Autismo
Poucos meses se passaram desde que falei aqui e aqui de um garoto (Diego) que tem autismo. Era uma criança espetacular e eu tinha extremo carinho por ele. Por causa de seu temperamento agitado, acabava isolando-se dos demais alunos da EEI Philadelphia, onde eu trabalhava como Secretária Executiva e, eventualmente, como assessora da Diretora Marluce. Na verdade eu era funcionária do CIJ – Centro Interescolar da Juventude, que dirigia diversas atividades, inclusive a EEI.
Nestas horas ele acabava indo parar em minha sala e ali perambulava entre ver livros e assistir algo por míseros segundos. Ele realmente não parava quieto. E aí se corresse! Tinha uma agilidade nas pernas que duvido que os grandes corredores da São Silvestre ousassem enfrentá-lo.
Hoje todos falam sobre o Autismo e instituiu-se que a Cor Azul representa a Luta desta doença, que ninguém conhece a causa, embora atribua a fatores genéticos diversos.
Eu me pergunto se as famílias conseguem entender esta doença que limita tanto seus filhos e que muitas das vezes nem mesmo é diagnosticada. Conheço diversos casos em que não houve um diagnóstico e acho que isto é mais desrespeito com a pessoa e não falta de conhecimento dos profissionais.
Já disse que muitas vezes, mesmo não tendo estudado tanto, consigo descobrir o que impede algumas crianças de obedecer aos pais e professores. Acredito que na verdade até algumas crianças ditas normais, são na verdade portadoras deste distúrbios e não simplesmente hiperativas como são fechados seus diagnósticos.
Conheço um guri, vou chamá-lo de Félix para manter sua identidade, ele é muito ativo, seus pés parecem que não tocam o chão, é a criança certa para ser criada em grandes fazendas, correndo atrás de pipa, soltando pião e caçando cobras. Sei que se vivesse em uma ambiente assim ele teria aprendido a ler aos 6 anos e não aos 9, como aconteceu com ele. Lembro dele jogado em minha cama, com os pés para fora para não sujar – era o máximo que ele entendia – se o assunto lhe interessasse ele parava e aprendia. Aprendeu a ler por causa da Fotossíntese, ficou encantado com o processo de respiração das plantas. Depois, encantou-se com os estados da água, mas na Escola a professora insistia em ensinar-lhe fazer cobrinha e pauzinho e somar 2 mais 2. Ele simplesmente odiava ela. Mas este sentimento negativo era justamente dada a cobrança dela de ele acompanhar a turma em algo que ele considera chato e inútil.
Na verdade as crianças acima da média não toleram os professores limitados, eles só não tem argumentos para explicar isto aos pais – que geralmente são tão tacanhos como os profissionais que lidam com seus filhos. E para surpresa de alguns, muitos autistas são crianças acima da média, tem dificuldades sim de expressar-se e outras mais sérias, só que se destacam em algumas atividades de forma especial. O prolema é que as pessoas que cuidam delas, por profissão, não sabem entendê-las e esta é uma dificuldade sem solução, pois não são todos os pais que conseguem entender as necessidades destes filhos.
Sabe, certas pessoas precisam entender que algumas profissões são ministérios de amor, você só pode entrar para uma profissão de formar pessoas, recuperar-lhe a saúde ou reabilitá-las se tiver amor ao objeto de seu trabalho: Pessoas. Infelizmente não é isto que vemos na maioria de profissionais no Mercado de Trabalho. Digo isto porque até no setor privado existem profissionais relapsos e pouco preocupados com o resultado final de seu trabalho.
Claro que reconheço que a falta de respeito que eles sofrem por parte dos governantes e chefes acabam vitimando o animo, mas acredito que aqueles que realmente amam o que faz acabam dando um jeito de dar continuidade a sua luta e conseguem sim alcançar os seus objetivos: cuidar de pessoas.
Admiro esta postura de alguns profissionais que incentivam as famílias a cuidarem com amor de seus filhos autistas.
Sei que muitos destes pacientes acabam encontrando um modo mais leve de viver em paz, rodeado de amor.
Torço para que este sucesso chegue aos demais portadores desta Síndrome.

PS. Os grandes monumentos do brasil e do mundo estarão hoje cobertos por luzes azuis. Assim que conseguir algumas fotos, posto.
PS 2.  Teatro Amazonas iluminado e Cristo Redentor no Corcovado também iluminado em azul pela passagem do dia do Autista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo sempre aqui.Aproveite que veio e visitou e faça uma blogueira feliz:Comente!


De acordo com a Justiça o autor do blog não está livre de uma eventual responsabilidade civil ou mesmo criminal por causa de comentários deixados por leitores. Portanto faremos o controle dos comentários aqui expostos.

A Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento, mas veda expressamente o anonimato (art.5º, IV), por isso comentários anônimos não serão mais permitidos!
Sem contar que comentários que difamem o autor, o Blog ou o personagem descrito na matéria serão proíbidos!

Agregadores

Medite!

Algumas Canções Cristãs - Homens

Ferramentas para Blog

Dessander, o amigo

Loading...

Outras Postagens

Gióa Júnior

Aproveita e leia mais sobre Miriam Makeba

MIRIAM MAKEBA - UMA HOMENAGEM PÓSTUMA
Gostaria de fazer aqui uma homenagem a uma das mulheres que mais admirei nesta vida - Miriam Makeba. Desde criança me deleitava com suas músicas, elas nunca tocaram meu corpo, sempre tocaram minha alma.
hmais aqui
http://www.amigosdosabor.blogspot.com/