IP Casa de Oração - Rua Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo

domingo, outubro 02, 2011

Não há amor maior.

Um amor maior que tudo!

Deus amou de tal modo o mundo que deu seu Filho Único para que todos os que Nele creem não pereça, mas tenha a vida Eterna (João 3-16).


De todas as Histórias de Amor, a que mais se conta não é de fada ou mesmo Romeu e Julieta. A História de Amor mais contada no mundo não teve um final feliz como o esperado, mas embora tenha tido sim um grande drama e até traição, não é uma história triste.
Na verdade é a História do Amor de Deus. Diz a Palavra que “As misericórdias de Deus são as causas de não sermos consumidos (Lamentações 3)” e estas misericórdias nos alcançou mesmo não sendo merecedores.
Quando Jesus deixou sua Glória e assumiu sua forma humana pelo nascimento, estava também aceitando tomar sobre si nossas dores e enfermidades. Mas suas dores foram além quando ele aceitou morrer por nós, mesmo Ele sendo inocente. Ao vir a este mundo e aceitar morrer por nós em uma cruz, Ele diz que estava morrendo por seus amigos. Sim, Jesus disse estava morrendo por seus amigos.
Só que não foi apenas por amigos, foi também por pessoas que não queriam salvação. Sim, Jesus entregou-se por amor a muitos, mas durante séculos muitos tem rejeitado este sacrifício.
Jesus derramou seu sangue por amor de pessoas que se quer aceitam sua história como verdadeira, mas mesmo sabendo de tudo, não mudou seu projeto inicial.
I Pedro 2-9 afirma que somos especiais para o Senhor : “Vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.” Separados como eleitos pelo Senhor, podemos viver e conhecer seu amor. Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores (Romanos 5-8) diz a Palavra. É este o amor dado a nós.
Você precisa prestar atenção no prêmio que ganhamos do Senhor que possamos sim, glorificar a Deus por sua graça e misericórdia.
Só que para fazermos parte desta História de amor, é necessário que o aceitemos. Afinal, Jesus disse: EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA. Com sua morte, Jesus tornou possível que possamos chegar a Deus através de Jesus. Aceitando-o como Salvador, crendo em sua palavra, entendendo que Ele se entregou para nos dar a vida eterna, por isso está escrito “Há um só mediador entre Deus e os homens: Jesus Cristo homem, que se deu em resgate por todos” (Timóteo 2:5 e 6).
Jesus entregou-se em sacrifício por amor a nós, façamos valer a pena!
Existe uma história que fala de amor incondicional também, é sobre a doação de sangue que aconteceu em um vilarejo vietnamita. Leia e medite no que é doar a vida por alguém, foi isto que Jesus fez por nós!
 
AMOR DE AMIGO


Durante um confronto bélico, um orfanato de missionários, numa aldeia vietnamita, foi atingido por várias bombas.
Os missionários e duas crianças morreram na hora e muitas ficaram feridas, inclusive uma menina de 8 anos.
Através do rádio de uma aldeia vizinha, os habitantes buscaram socorro dos americanos. Um médico da Marinha e uma enfermeira chegaram trazendo apenas maletas de primeiros socorros.
Perceberam logo que o caso mais grave era o da menina. Se não fossem tomadas providências imediatas, ela morreria por perda de sangue. Era urgente que se fizesse uma transfusão.
Saíram à procura de um doador com o mesmo tipo sanguíneo. Os americanos não tinham aquele tipo de sangue, mas muitos órfãos que não tinham sido feridos poderiam ser doadores.
O problema agora, era como pedir às crianças, já que o médico conhecia apenas algumas palavras em vietnamita e a enfermeira tinha poucas noções de francês.
Usando uma mistura das duas línguas e muita gesticulação, tentaram explicar aos assustados meninos que, se não recolocassem o sangue perdido, a menina morreria.
Então perguntaram se alguém queria doar sangue. A resposta foi um silêncio de olhos arregalados.
Finalmente, uma mão levantou-se timidamente, deixou-se cair e levantou de novo.
- Ah, obrigada. - Disse a enfermeira em francês. - Como é o seu nome?
O garoto respondeu em voz baixa: Heng.
Deitaram Heng rapidamente na maca, esfregaram álcool em seu braço e espetaram a agulha na veia.
Durante esses procedimentos, Heng ficou calado e imóvel.
Passado um momento, deixou escapar um soluço e cobriu depressa o rosto com a mão livre.
- Está doendo, Heng? - Perguntou o médico. Heng abanou a cabeça, mas daí a pouco escapou outro soluço e mais uma vez tentou disfarçar.
O médico tornou a perguntar se doía, e ele abanou a cabeça outra vez, significando que não.
Mas os soluços ocasionais acabaram virando um choro declarado, silencioso, os olhos apertados, o punho na boca para estancar os soluços.
O médico e a enfermeira ficaram preocupados. Alguma coisa obviamente estava acontecendo.
Nesse instante, chegou uma enfermeira vietnamita, enviada para ajudar. Vendo a aflição do menino, falou com ele, ouviu a resposta, e tornou a falar com voz terna, acalmando-o.
Heng parou de chorar e olhou surpreso para a enfermeira vietnamita. Ela confirmou com a cabeça e uma expressão de alívio estampou-se no rosto do menino. Então ela disse aos americanos:
- Ele achou que estava morrendo. Entendeu que vocês pediram para dar todo o sangue dele para a menina poder viver.
- E por que ele concordou? Perguntou o médico.
A enfermeira vietnamita repetiu a pergunta, e Heng respondeu simplesmente:
- Ela é minha amiga.
* * *

 Não há amor maior,
de John W. Mansur, disponibilizado na Internet (col. John W. Mansur,
extraído de The Missileer).
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo sempre aqui.Aproveite que veio e visitou e faça uma blogueira feliz:Comente!


De acordo com a Justiça o autor do blog não está livre de uma eventual responsabilidade civil ou mesmo criminal por causa de comentários deixados por leitores. Portanto faremos o controle dos comentários aqui expostos.

A Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento, mas veda expressamente o anonimato (art.5º, IV), por isso comentários anônimos não serão mais permitidos!
Sem contar que comentários que difamem o autor, o Blog ou o personagem descrito na matéria serão proíbidos!

Agregadores

Medite!

Algumas Canções Cristãs - Homens

Ferramentas para Blog

Dessander, o amigo

Loading...

Outras Postagens

Gióa Júnior

Aproveita e leia mais sobre Miriam Makeba

MIRIAM MAKEBA - UMA HOMENAGEM PÓSTUMA
Gostaria de fazer aqui uma homenagem a uma das mulheres que mais admirei nesta vida - Miriam Makeba. Desde criança me deleitava com suas músicas, elas nunca tocaram meu corpo, sempre tocaram minha alma.
hmais aqui
http://www.amigosdosabor.blogspot.com/