IP Casa de Oração - Rua Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo

domingo, junho 05, 2011

Homossexualismo versus queimar livros -


Existem um livro, best seller até, que tem o título jocoso de "Se a vida é um cesto de cerejas, o que eu estou fazendo no meio dos caroços?"  e nós às vezes não sabemos se estamos no cesto com as cerejas ou se estamos lançados ao chão, babados, feito caroços desprezados. Isto porque vivemos rodeados de preconceitos.
Os descarados e os escondidos.
As pessoas estão tendo que criar grupos de defesa  para tudo e pelo andar da carruagem, daqui a pouco vai ter até grupo pra defender a posição heterossexual da maioria das pessoas.
Observando toda a agitação na mídia, saí atrás de irformação sobre a população homossexual brasileira. Afinal, com tudo o que se anda a falar sobre o assunto, achei conveniente não entrar nesta sem base.
Segundo o último censo apenas 0,166% da população brasileira assumiu ser homossexual.
É incrível o que estes estão tentando fazer, transformar um direito deles, numa lei de privlégios e, aind apor cima tornar público o que se deve ser feito na intimidade do lar.
Sou contra a  apresentação de cenas sexuais de qualquer forma, em canais abertos. Acredito qe para acessar este tipo de programa deveria ter um controle maior. E estamos falando disto num país que apesar das iúmeras CPIs não cuida de fato da Segurança das  MUlheres, que sofrem agressões de seus companheiros, que não tem coragem de contabilizar os estupros contra as crianças e adolescentes. Pior ainda, contra senhoras idossas, pois infelizmente nem eles conseguem escapar disto. 
Elas só tem mais vergonha de se expor, mas os índices são alarmantes sim. A Polícia afirma que não tem como detectar estes casos por que a maioria das vítimas se esocndem.
Isto porque a Polícia não sabe quais ameças são feitas contra a pessoa e seus familiares. As mulheres que são abusadas sexualmente levam consigo marcas que não se apagam. 
Existe  um filme - A Espera de  um Milagre, com To Hanks - que fala sobre os crimes de amor.
Falando assim a gente até pensa que  são crimes cometidos por amor, mas na verdade, esta espécie de crime nada tem de ver com crimes passionais. É a denominação aos crimes cometidos sobre a esfera do silêncio. As vítimas são obrigadas a permanecer caladas e muitas vezes são obrigadas a passar por tudo diversas vezes, até que o agressor se canse delas.
É num país deste, onde adultos alegam que crianças de 2 anos as seduziram e,muitas vezes são cridas por quem as escuta, que estamos liberndo sexo explicito às 8 horas da noite para toda a família assistir.
E não estou falando isto por ser religiosa. Não aceito isto desde muito nova, quando ianda gostava de assistir novela e filmes da tarde na TV. Hoje meus hobbys são outros. Leio bastanta, menos do que gostaria, e navego na internet atrás de alguma poesia. Mas isto não vai impedir que eu abra a boca e diga. 
ISto é sim uma vergonha. Uma minúscula parcela da população, meter na cabeça da gente que devemos aceitar que a escola explique até como acontece uma realção homossexual.Se os professores não conseguem nem explicar direito como se dá a fecundação do óvulo.
Durante estes dias de clima tenso de guerrilha sobre sexualidade - meu e-mai quase travou - recebi inúmeras manifestações sobre o assunto. Uma informação que recebi entre estes foi de que um site de GLBS, no dia 31 de maio, anunciavam que queimariam uma (umas?) Bíblia nas imediações do Congresso Nacional, afirmando que em um mundo que respeita as diferenças, é inadimissível que haja um livro homofobico.
Um aparte: se é um mundo que respeita as diferenças, porque não aceitam a Bíblia?
Não aceito que se queime nenhum livo religioso apenas por uma afirmação sexual egoísta. Quer sair do ármário? Esteja à vontade, mas não tente colocar lá uma multidão que pensa diferente.

Quando um mulçumano queima uma Bíblia, eu não me invoco tanto - embora não goste,  ou quando um cristão queima  o Alcorão ou a Torá - não concordo com isto é óbvio, mas não vou a guerra e não passo horas escrevendo um desabafo  simplesmente porque é uma discussão de ideologia religiosa.Ambos não conseguirão me atingir, apesar de ambos desrespeitar minha fé.

Agora,  quando querem queimar a Bíblia, o Alcorão ou a Torá por causa de questão sexual, ah isto sim me incomoda, porque você pode ser o que quizer, que embora a Bíblia e outros livros religiosos condenem, eles não fazem parte do que você credita,mas faz parte do que eu acredito e isto é uma afronata ao meu direito pessoal de ter uma religião, direito este garantido pela Constituição máxima do país onde vivo. E para mim, a Bíblia é minha Constituição, não cometo algumas ilgealidades porque e ela me ensina que existem as omissões e comissões que não agradam a Deus.
E seria omissão de minha parte manter-me calada.
Luto pelo direito das pessoas já vão mais de 20 anos. Lutei sim pelo direito do negro ingressar na Universidade. Isto porque estamos falando de algumas pessoas que não tinham condições de pagar os preços altos cobrados pelas mesma. 
Reconheço que hoje os preços são mais acessíveis, mas a que preço para a Educação?
Tive um professor de História que escrevia "ploceso" histórico, Idade "Medievau" e "seglegasão" racial. E o cara tinha 2 faculdades.
Na verdade, ao lutarmos para colocar nas Universidades uma "dita" minoria negra acabamos por tornar a situação pior.
Hoje, apesar de ainda, quando posso, defender os direitos dos negros e indígenas, vejo que temos que modificar as coisas de forma mais específica.
Por exemplo, privatizar as Universidades Públicas, porque quando nossa luta começou foi para colocar pobres e negros - indígenas que tivessem interesse nestas Universidades.
Nunca conseguimos de fato.e este é meu motivo maior de tristeza e desilusão com meu trabalho social.
As cobranças feitas são gigantescas, porque  a base para aprovação lá é pelo Ensino Privado, que você sabe, acaba favorecendo a minoria rica.
Pensando nisto, na verdade, não sei porque me incomodo com os Homossexuais e sua luta pela PLC 122 e o Kit gay, se analisarmos a História, sairemos é perdendo, porque aqui vence sempre  a minoria.
Que quem ler este comentário, saiba que tenho amigos homossexuais e ex-homossexuias, e, eles, por incrivel que possa parecer, estão revoltados com estas coisas todas.
Porque eles não querem glamourizar sua opção sexual. Querem viver suas vidas em paz. Sem tanto alarde e foco sobre suas vidas.
Sabe o que me incomoda?
É que por causa desta atitude que eles querem tomar, vou acabar me irritando com tudo isto.
As pessoas que realmente tem preconceito contra os homossexuais não são os evangélicos, são eles mesmo e aqueles carecas que andam por aí matando estes.
A Bíblia, ao contrário, ensina que devemos amar ao próximo, sem observarmos o que eles fazem,vai mais longe, diz que devemos amar as pessoas e não suas opções por nada. Ito porque diz que Deus ama o pecador e aborrece o pecado. 
E quem não é pecador, pode atirar a primeira pedra, disse Jesus, mas não rasgar  um livro religioso.
E mais, não é justamente por queimarem-se livros na IDade Média, que se perdeu muito das obras de uma das primeiras mulheres a fazer Poesia no mundo e que se cotuma dizer era também adepta do sexo com pessoa do mesmo gênero, Safo, de Lesbos? Pesne nisto antes de queimar qualquer livro que seja.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo sempre aqui.Aproveite que veio e visitou e faça uma blogueira feliz:Comente!


De acordo com a Justiça o autor do blog não está livre de uma eventual responsabilidade civil ou mesmo criminal por causa de comentários deixados por leitores. Portanto faremos o controle dos comentários aqui expostos.

A Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento, mas veda expressamente o anonimato (art.5º, IV), por isso comentários anônimos não serão mais permitidos!
Sem contar que comentários que difamem o autor, o Blog ou o personagem descrito na matéria serão proíbidos!

Agregadores

Medite!

Algumas Canções Cristãs - Homens

Ferramentas para Blog

Dessander, o amigo

Loading...

Outras Postagens

Gióa Júnior

Aproveita e leia mais sobre Miriam Makeba

MIRIAM MAKEBA - UMA HOMENAGEM PÓSTUMA
Gostaria de fazer aqui uma homenagem a uma das mulheres que mais admirei nesta vida - Miriam Makeba. Desde criança me deleitava com suas músicas, elas nunca tocaram meu corpo, sempre tocaram minha alma.
hmais aqui
http://www.amigosdosabor.blogspot.com/