IP Casa de Oração - Rua Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo

terça-feira, setembro 01, 2009

Violencia contra crianças - Hora de quebrar o Silêncio


Do site: http://www.rebonelli.blogspot.com/2009/08/e-hora-de-quebrar-o-silencio.html



Estima-se que, só no Brasil, 18 mil crianças são vítimas de espancamento e uma a cada minuto de algum tipo de violência: emocional, física, sexual etc. Segundo um conceituado jornal os principais suspeitos são os familiares.

Em entrevista, uma delegada afirmou que os pais são os maiores agressores. E o pior: a maioria das vítimas são meninas entre 06 e 08 anos. As agreções vão desde espancamentos a abusos sexuais.

De acordo com Sônia Rigoli Santos, diretora do Ministério da Mulher em Curitiba, os abusos acontecem no ambiente doméstico, pelo menos a maioria deles. Os agressores geralmente são pessoas consideradas de confiança pela família: o pai, irmão mais velho, um vizinho, um professor, a mãe, um amigo da família e outras pessoas que, possivelmente, não se suspeite.

Como foi dito acima, as maiores vítimas são meninas, isso não quer dizer que os meninos não sofrem abusos, pelo contrário, ninguém está livre da ameaça. Todos, de todas as idades!

Os especialistas dividem o abuso em quatro grupos: físico, emocional, de negligência e o mais cruel de todos; o sexual.

A que ponto o ser humano chegou!

Precisamos ficar em constante alerta. As crianças são o futuro.

A criança agredida possivelmente enfrentará problemas de relacionamentos, de aprendizagem, apresentará problemas de comportamento; podendo vir a ser o agressor amanhã.

Que futuro está sendo oferecido aos pequeninos? Que presente lhes estão proporcionando?

Se você gastou cinco minutos para ler este post cinco crianças foram agredidas, violentadas de alguma forma: sexualmente, negligenciada, espancada fisica e/ou emocionalmente. Dados da ABRAPIA (Assossiação Brasileira à Infância e à Adolescência) e do Lacri (Laboratório de Estudos da Criança) indicam que anualmente, no País, cerca de 600 mil crianças são vítimas de diferentes formas de violência.

Infelizmente, os números são bem mais alarmantes, pois grande parte dos casos não chegam ao conhecimento das autoridades, ou seja, não são denunciados e os agressores continuam sem punição.

Hoje é dia de FAZER DIFERENÇA na vida de uma criança. É preciso quebrar o silêncio: gritar, amar, respeitar, proteger. Porque só amor, respeito e proteção poderão mudar este terrível quadro.

FAÇA DIFERENÇA quebre o silêncio!


No link abaixo consta o telefone dos conselhos tutelares de todos os estados, onde é possível denunciar abusos:


http://portaladventista.org/quebrandoosilencio/index.php?option=com_content&task=view&id=1&Itemid=3



Um comentário:

  1. Paz,,, Deus abençoe linda matéria,,, tenho certeza que trará resultados principalmente se levarmos em consideração o assunto tão delicado... Deus abençoe ricamente...
    PAZ...
    almirdionisio.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seja bem vindo sempre aqui.Aproveite que veio e visitou e faça uma blogueira feliz:Comente!


De acordo com a Justiça o autor do blog não está livre de uma eventual responsabilidade civil ou mesmo criminal por causa de comentários deixados por leitores. Portanto faremos o controle dos comentários aqui expostos.

A Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento, mas veda expressamente o anonimato (art.5º, IV), por isso comentários anônimos não serão mais permitidos!
Sem contar que comentários que difamem o autor, o Blog ou o personagem descrito na matéria serão proíbidos!

Agregadores

Medite!

Algumas Canções Cristãs - Homens

Ferramentas para Blog

Dessander, o amigo

Loading...

Outras Postagens

Gióa Júnior

Aproveita e leia mais sobre Miriam Makeba

MIRIAM MAKEBA - UMA HOMENAGEM PÓSTUMA
Gostaria de fazer aqui uma homenagem a uma das mulheres que mais admirei nesta vida - Miriam Makeba. Desde criança me deleitava com suas músicas, elas nunca tocaram meu corpo, sempre tocaram minha alma.
hmais aqui
http://www.amigosdosabor.blogspot.com/