IP Casa de Oração - Rua Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo

quinta-feira, novembro 06, 2008

Para dizer que não falei de Manoel Carlos...

Para dizer que não falei de...Manoel Carlos


Estava ouvindo uma das canções que estão na página do Manoel Carlos sobre a Batalha dos Guararapes, na época do Brasil Colônia. De Mazombo a Brasileiro e como sempre me pus a pensar nas imbecilidades dos homens, que amam a guerra e destroem por prazer seus irmãos. História antiga, suja do sangue irmão. Acredito que está na hora de acordarmos e gritarmos que se somos racionais, devemos agir como tal e pensarmos bem antes de agir. Principalmente quando o assunto é GUERRA.
Quem sabe os EUA agora, com a vitória de um representante da minoria, comecem uma grande Festa a vida, proibindo as muitas guerras e incentivando a perpetuação da vida...Mas não sou eu quem vai falar sobre este assunto, com muitos “Arnaldo Jabor” e outros articulistas espalhados pela net...
Então voltemos ao
http://www.agrestino.blogger.com.br/ ...


Vocês precisam entrar lá na página e visitar tudo.
Acredito que serão sempre bem vindos, como sou.Afinal ele sempre mostra seu carinho comentando meus escritos, que perto dos deles são sombras vagas espalhadas pelo chão.Olhando por lá, visite Rabiscos e leia o artigo De Mazombo a Brasileiro e veja como ele trabalha com as palavras “Ai dos vencidos! Vilões, déspotas, facínoras... É assim que a História os conhece. Afinal, o registro histórico não é feito por todas as partes envolvidas nos conflitos. A verdade oficial reflete a visão dos vencedores que reservam para si o papel de heróis...Contrariando esta norma, em Pernambuco encontram-se no panteão de heróis vencedores e vencidos na História do Brasil Holandês; desde a invasão à restauração, passando pela Batalha de Guararapes, marco constitutivo da nacionalidade brasileira.”
Como disse já, em minhas sombras mortas, Manoel Carlos Pinheiro trabalha com as palavras de forma viva e eficaz e assim, quero que os amigos que entram aqui, visitem sua página e comentem também, caso tenham coragem, afinal, se temem minha pequenez, que dirão de toda a sabedoria deste escritor maravilhoso.
Vai lá pessoal e divirta-se e de quebra informem-se...
Tem muito por lá, inclusive poemas como “Cartas de meu avô” de Manoel Bandeira e muitos outros.Ouça- os lá...
( De mazombo a brasileiro – Manoel Carlos Pinheiro )
http://www.manoelcarlospinheiro.com.br/Agrestino/Artigos/Demazomboabrasileiro.htm

Enquanto vão lá, leiam Desencanto:

Desencanto


Eu faço versos como quem chora

De desalento , de desencanto

Fecha meu livro se por agora

Não tens motivo algum de pranto


Meu verso é sangue , volúpia ardente

Tristeza esparsa , remorso vão

Dói-me nas veias amargo e quente

Cai gota à gota do coração.


E nesses versos de angústia rouca

Assim dos lábios a vida corre

Deixando um acre sabor na boca


Eu faço versos como quem morre.

Qualquer forma de amor vale a pena!!

Qualquer forma de amor vale amar!

( Lá termina a leitura em : “Eu faço versos como quem morre.”, de uma forma perto da divinal...)
Elisabeth Lorena Alves

5 comentários:

  1. Anônimo1:58 PM

    É tudo de bom, de fato, miga.
    Barbie

    ResponderExcluir
  2. Anônimo4:31 PM

    Lora!
    Você descobre cada coisa!
    Acho que gostou mais das poesias por que a voz é parecida ou é do Antonio Abujanra, que sei que você curte.
    Amei também.Valeu pela dica
    Gustavo Ayres

    ResponderExcluir
  3. Agradeço sensibilizado.
    Ofereço uma versão musical do Música Surda de Desencanto
    Abração

    ResponderExcluir
  4. Acho qque o endereço saiu errado:
    Http://www.manoelcarlospinheiro.com.br/Musica/MusicaSurdaDesencanto.wma

    ResponderExcluir
  5. Fessora,

    Este Manoel Carlos é muito especial para você mesmo.
    Acabei de pasar o final de semana fuçando seus arquivos de blog e encontrei uma postagem com comentário dele.
    O cantinho dele também é legal.
    Se não entrou em minha página, como sugeri por e-mail, entra, fessora e descubra o que digo lá, sobre ele.
    Antonio

    ResponderExcluir

Seja bem vindo sempre aqui.Aproveite que veio e visitou e faça uma blogueira feliz:Comente!


De acordo com a Justiça o autor do blog não está livre de uma eventual responsabilidade civil ou mesmo criminal por causa de comentários deixados por leitores. Portanto faremos o controle dos comentários aqui expostos.

A Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento, mas veda expressamente o anonimato (art.5º, IV), por isso comentários anônimos não serão mais permitidos!
Sem contar que comentários que difamem o autor, o Blog ou o personagem descrito na matéria serão proíbidos!

Agregadores

Medite!

Algumas Canções Cristãs - Homens

Ferramentas para Blog

Dessander, o amigo

Loading...

Outras Postagens

Gióa Júnior

Aproveita e leia mais sobre Miriam Makeba

MIRIAM MAKEBA - UMA HOMENAGEM PÓSTUMA
Gostaria de fazer aqui uma homenagem a uma das mulheres que mais admirei nesta vida - Miriam Makeba. Desde criança me deleitava com suas músicas, elas nunca tocaram meu corpo, sempre tocaram minha alma.
hmais aqui
http://www.amigosdosabor.blogspot.com/