IP Casa de Oração - Rua Moreira Neto, 283 - Guaianases - São Paulo

quinta-feira, outubro 28, 2010

Olga

Assiti Olga enfim.
Leia aqui.
Lmbro que postei em 17/09/05 que assisitiria e depois deixava aqui meu depoimento.
Gostei do filme.
Retrata de fato um período triste de nossa história, mas o sofrimento desta mulher é de fato algo cruel. Perder todos os seus direitos simplesmente por ter determinada nacionalidade é simplesmente horrível!
PArte da História é esta:
Foragida, muda-se para Moscou e atua na Juventude Comunista Internacional. No início da década de 30 recebe formação militar e é destacada pelo alto comando soviético para ser a guarda-costas de Luís Carlos Prestes, que, depois de algum tempo na União Soviética, pretende voltar ao Brasil para organizar um levante comunista.
No caminho, os dois se apaixonam e chegam ao Rio de Janeiro casados. Com o fracasso da Intentona, Olga Benário é presa em 1936 e, mesmo grávida, é extraditada pelo governo de Getúlio Vargas para a Alemanha nazista. Passa os últimos anos de vida ao lado da filha, Anita, no campo de concentração de Bernburg. É executada na câmara de gás.

Assita o Filme, vale a pena alugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo sempre aqui.Aproveite que veio e visitou e faça uma blogueira feliz:Comente!


De acordo com a Justiça o autor do blog não está livre de uma eventual responsabilidade civil ou mesmo criminal por causa de comentários deixados por leitores. Portanto faremos o controle dos comentários aqui expostos.

A Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento, mas veda expressamente o anonimato (art.5º, IV), por isso comentários anônimos não serão mais permitidos!
Sem contar que comentários que difamem o autor, o Blog ou o personagem descrito na matéria serão proíbidos!

Agregadores

Medite!

Algumas Canções Cristãs - Homens

Ferramentas para Blog

Dessander, o amigo

Loading...

Outras Postagens

Gióa Júnior

Aproveita e leia mais sobre Miriam Makeba

MIRIAM MAKEBA - UMA HOMENAGEM PÓSTUMA
Gostaria de fazer aqui uma homenagem a uma das mulheres que mais admirei nesta vida - Miriam Makeba. Desde criança me deleitava com suas músicas, elas nunca tocaram meu corpo, sempre tocaram minha alma.
hmais aqui
http://www.amigosdosabor.blogspot.com/